São Sebastião, padroeiro da Cidade Maravilhosa

São Sebastião

20 de janeiro – Viva o padroeiro! Viva São Sebastião!

São Sebastião é considerado o santo padroeiro da cidade do Rio de Janeiro, e seu dia é comemorado em 20 de janeiro. Nascido em Narbonne, na França, mudou-se para Milão, onde nascera sua mãe, tornando-se cidadão desta cidade italiana. Ele foi um mártir e santo cristão.

São Sebastião
Martírio de São Sebastião, por Gregório Lopes (ativo 1513 – 1550)

Segundo a história, Sebastião era um soldado do exército romano durante o ano de 283 d.C.

Secretamente, converteu-se ao cristianismo e, valendo-se do seu alto posto militar (era capitão da guarda pessoal do imperador Diocleciano), fazia visitas frequentes aos cristãos presos que aguardavam para serem levados para o Coliseu, onde seriam devorados pelos leões, ou mortos em lutas com os gladiadores.  Com palavras de ânimo consolava os prisioneiros que dariam suas vidas por Cristo. Este seu comportamento chegou aos ouvidos do imperador, que logo quis que seu capitão renunciasse à fé cristã. Não acatando esta ordem, Sebastião foi condenado à morte.

Seu corpo foi amarrado a uma árvore e alvejado por flechas atiradas por seus antigos companheiros, que o deixaram aparentemente morto. Resgatado por algumas mulheres lideradas pela cristã chamada Irene, foi levado sob seus cuidados e conseguiu se restabelecer.

Depois de recuperado, São Sebastião continuou seu serviço de evangelização e indiferente aos pedidos dos cristãos para não se expor, apresentou-se ao imperador insistindo para que acabasse com as perseguições aos cristãos.  Ignorando o pedido, dessa vez, Diocleciano ordenou que o açoitassem até a morte, e depois seu corpo fosse jogado no esgoto público de Roma, para que não fosse venerado como mártir pelos cristãos. Era o ano 287 da Era Cristã.

Mais uma vez, seu corpo foi recolhido por uma mulher chamada Luciana, a quem pediu em sonho que o sepultasse próximo das catacumbas dos apóstolos.

Culto a São Sebastião

No século IV, o imperador Constantino, que se converteu ao Cristianismo, mandou construir, em sua homenagem, a Basílica de São Sebastião, perto do local do sepultamento, junto à Via Appia, para abrigar o corpo de São Sebastião. Seu culto iniciou-se nesse período,

Basílica de São Sebastião Extramuros
Basílica de São Sebastião Extramuros

Conta-se que nessa época, Roma estava sendo assolada por uma terrível peste e que a partir do translado das relíquias de São Sebastião a epidemia desapareceu. A partir desta época, São Sebastião passou a ser venerado como santo padroeiro contra a peste, a fome e a guerra.

Durante a Idade Média, a igreja a ele dedicada tornou-se centro de peregrinação e até hoje recebe os devotos e peregrinos de todas as partes do mundo. Sua festa é celebrada no dia 20 de janeiro. Um dos temas preferidos dos pintores do Renascimento, o martírio de São Sebastião foi retratado por vários artistas, entre eles, Bernini, Perugino, Mantegna e Botticelli. Em geral, o corpo é mostrado atravessado por flechas.

Obs.: A foto de capa deste artigo é obra do português Gregório Lopes (ativo 1513-1550), intitulada Martírio de São Sebastião, e encontra-se no Convento de Cristo, Tomar

Por que São Sebastião é padroeiro da cidade do Rio de Janeiro?

São Sebastião é o padroeiro da cidade do Rio de Janeiro, dando seu nome à cidade, desde a sua fundação por Estácio de Sá. Conta-se que na batalha final que expulsou os franceses do Rio, São Sebastião foi visto com uma espada na mão, entre os portugueses, mamelucos e índios, lutando contra os franceses calvinistas. Além do que, o dia era 20 de janeiro, o dia em que se celebra sua memória.

E o que tudo isso tem a ver com a Casa da Convivência?

Primeiro, porque nossa instituição é carioca e celebra também o dia do seu padroeiro. Viva São Sebastião!

Segundo, porque neste mesmo dia comemoramos o aniversário de Ana Christina. nossa administradora, e é claro, não poderíamos deixar passar em branco esta data. Este artigo foi escrito mais para realçar a importância que ela tem para todos nós, assistidos, pais, responsáveis, funcionários, diretoria, voluntários, colaboradores, padrinhos, benfeitores e parceiros.

Muito obrigado, querida Christina! Que Deus possa iluminar seu caminho, renovar suas forças, abençoar seus dias e fazê-la imensamente feliz. Nós agradecemos todo o seu empenho e dedicação à nossa instituição. Com você ao nosso lado, somos melhores e podemos fazer mais.

São Sebastião e Ana Christina. Duas pessoas, uma só celebração
Ana Christina, administradora – 20 de janeiro de 2021

2 comentários em “São Sebastião, padroeiro da Cidade Maravilhosa”

  1. Mariluzi Duarte Souza

    Parabéns Cristina,que São Sebastião te proteja de todo mau. Deus te abençoe com saúde e felicidade. FELIZ ANIVERSÁRIO. 🥳🎂🎊🎉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima