Dia Internacional da Síndrome de Down

Dia Internacional de Síndrome de Down

No dia 21 de março celebramos o Dia Internacional da Síndrome de Down. Este dia foi criado pela entidade Síndrome de Down Internacional (Down Syndrome International) e teve seu reconhecimento oficial pela ONU, Organização das Nações Unidas. Esta data foi proposta para uma maior conscientização da sociedade sobre a inclusão e a garantia dos portadores desta síndrome.

Síndrome de Down, também denominada Trissomia 21, é uma alteração genética causada pela presença integral ou parcial de uma terceira cópia do cromossoma 21. E por isso o dia 21 de março foi escolhido (21/03 = terceira cópia do cromossoma 21).

O site WDSD (World Down Syndrome Day), gerenciado pela Down Syndrome International, reúne as atividades que acontecem para celebrar a data a cada ano. Acesse o site desta entidade para saber mais: www.worlddownsydromeday.org.

Dia Internacional de Síndrome de Down

Existe cura para a Síndrome de Down?

Não existe cura para a Síndrome de Down, isto porque ela não é uma doença. Fique por dentro do assunto, lendo o artigo Síndrome de Down é doença?

A educação e cuidados adequados aumentam a qualidade de vida do portador. Algumas crianças com esta síndrome frequentam escolas comuns, enquanto outras requerem ensino especializado. Algumas concluem o ensino secundário e outras até frequentam o ensino superior. Durante a idade adulta, muitas pessoas com a condição executam trabalhos remunerados, embora seja frequente que necessitem de um ambiente de trabalho protegido. Em muitos casos, as pessoas com síndrome de Down necessitam de apoio financeiro e em questões legais. Em países desenvolvidos e com cuidados apropriados, a esperança média de vida com a condição é de 50 a 60 anos.

A síndrome de Down é uma das alterações cromossômicas mais comuns nos seres humanos, ocorrendo em cerca de um entre cada 1 000 bebés nascidos em cada ano.

A Síndrome de Down pode ser detectada durante a gravidez durante o rastreio pré-natal, seguido por exames de diagnóstico após o nascimento através de observação direta e exames genéticos. Recomenda-se à pessoa com síndrome de Down a realização regular ao longo da vida de exames de rastreio para problemas de saúde comuns na condição.

Somos todos iguais, embora diferentes

Todos somos iguais perante a Lei e os Valores Humanos, embora sejamos diferentes em características, personalidade, educação, costumes e reações. Devemos aprender e saber acolher as diferenças. Isso é um dever de cada um. Nossas diferenças são responsáveis por promover nosso desenvolvimento e nos fazer evoluir enquanto sociedade. Nossas diferenças contribuem para a riqueza e complementariedade de nossa humanidade.

Precisamos compreender e aceitar que ” O Amor é o Caminho. Inclua-se”.

A inclusão só ocorrerá com:

Dia Internacional da Síndrome de Down

Veja também as fotos abaixo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima